Trabalhar com segurança

A Medicina do trabalho é a particularidade médica que cuida das relações entre homens e mulheres trabalhadores e seu trabalho, visando não apenas a prevenção de acidentes e das doenças do trabalho, mas também cautela com a saúde e a qualidade de vida.

Seu propósito é garantir e promover aos cidadãos e ao coletivo de trabalhadores a melhora contínua das condições de saúde, nas dimensões física e intelectual, e o contato sadio entre os indivíduos e, estes, com seu espaço coletivo e o trabalho. A medicina e segurança do trabalho avalia a aptidão do candidato a certo trabalho e elabora reavaliações periódicas de sua saúde dando destaque aos perigos ocupacionais aos quais esse agente encontra-se exposto.

imagem1

Os dois pilares

A medicina do trabalho se sustenta em dois pilares: a Clínica e a Saúde Pública. Sua atuação está voltada para a prevenção e a assistência do agente vítima de acidente, enfermidade ou de inabilidade relativos ao trabalho e, similarmente, para a promoção da saúde, do bem-estar e da produtividade dos trabalhadores e suas famílias.

O que é acidente de trabalho?

Acidente de trabalho aquilo que acontece durante o exercício do trabalho a serviço de alguma empresa, provocando lesão corporal ou disfunção. Podendo causar morte, perda ou a redução permanente/temporária, da capacidade para o trabalho.

É considerado acidente de trabalho:

  1. O acidente que ocorre quando você está prestando serviços em nome da empresa fora do local de trabalho.
  2. O acidente que ocorre durante uma viagem a serviço da empresa.
  3. O acidente que ocorre no trajeto entre sua casa e o trabalho e vice-versa.
  4. As doenças provocadas pelo tipo de trabalho.
  5. As doenças causadas pelas condições do trabalho.

O acidente de trabalho, segundo a lei trabalhista, deve-se a:

“I. ato inseguro:

É o ato praticado pelo homem, em geral consciente do que está fazendo, que está contra as normas de segurança. São exemplos de atos inseguros: subir em telhado sem cinto de segurança contra quedas, ligar tomadas de aparelhos elétricos com as mãos molhadas e dirigir a altas velocidades.

 

II. Condição Insegura

É a condição do ambiente de trabalho que oferece perigo e ou risco ao trabalhador. São exemplos de condições inseguras: instalação elétrica com fios desencapados, máquinas em estado precário de manutenção, andaime de obras de construção civil feitos com materiais inadequados. ”

imagem2

Aonde age o profissional?

O especialista em medicina e segurança do trabalho tem um setor de atividade muito amplo. Ele age em todas as esferas da sociedade no qual houver trabalhadores. Em maior parte, ele trabalha em fábricas de alimentos, construção civil, hospitais, companhias comerciais e industriais, grandes companhias estatais, mineradoras e de ablação. Além disso pode atuar no setor agricultor em companhias agroindustriais.

O que faz o profissional de Segurança do Trabalho?

O profissional de segurança do trabalho age de acordo com sua formação, seja ele médico, técnico, enfermeiro ou engenheiro. O campo de atividade é bastante abrangente. Em maior parte, o engenheiro e o técnico de segurança atuam em companhias organizando programas de prevenção de acidentes. Orientam os trabalhadores quanto à utilização de equipamentos de proteção, elaborando planos de antecipação de ameaças ambientais, inspecionando a segurança, elaborando laudos técnicos e também e dando palestras e treinamento.

Diversas vezes este profissional também é causador da implantação de programas de meio ambiente e ambientalismo na empresa. O médico do trabalho é focado na parte de saúde ocupacional, tratando ferimentos, ministrando vacinas, fazendo exames de admissão e periódicos nos empregados e consultas.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *