Listas de email brasileiras tem mais de 35% de emails inválidos

CATEGORIA : MARKETING

Cerca de 35% dos e-mails que formam as mailing lists brasileiras contêm algum tipo de erro. A constatação é da empresa SafetyMails, que está lançando a primeira edição da pesquisa “A Qualidade das Bases de E-mails no Brasil”. O estudo, inédito no mercado brasileiro, analisou dados de 90,8 milhões de endereços eletrônicos de instituições no país e apontou que nada menos que 31,9 milhões de e-mails são inválidos, o que sugere que a higienização de bases precisa ser vista com mais atenção pelos gestores do marketing digital brasileiro.

Tal resultado aponta que o SafetyScore[1] médio do mercado brasileiro é de apenas 47,09 pontos, um baixo índice que indica que o setor ainda precisa avançar muito em termos de qualidade de bases, fator fundamental que pode impactar positiva ou negativamente as campanhas de marketing e o alcance das metas e objetivos comerciais das empresas.

Do percentual de e-mails inválidos verificados na pesquisa, 7,31% possuem erros de identificação de domínio (inexistente ou incorretamente digitado) e 1,41% apresenta erros de sintaxe. Ou seja: quase 9% dos endereços verificados estão fora das características de configuração de e-mail.

O volume predominante de e-mails verificados na Pesquisa SafetyMails pertence aos domínios mais conhecidos do mercado. A liderança é do hotmail entrar, com 34,19% de share, seguido por gmail (11,57%), yahoo [.br] (7,33%), terra (5,62%), ig (3,76%), bol (3,12%), uol (2,69%), oi (2,11%) e globo (1,43%).

Os resultados verificados na análise de e-mails inválidos por domínio alcançaram percentuais bastante robustos, alguns, inclusive, acima ou próximo de 80%. O domínio itelefonica foi o que registrou maior número de e-mails inválidos dentro da amostra da pesquisa: 91,73% dos 1,08 milhão de endereços pesquisados, seguido por oi (85,55% de 1,9 milhões de e-mails analisados), globo (78,97% de 1,2 milhão), terra (65,64% de 5,1 milhões), yahoo (56,01% de 879 mil), ig (49,85% de 3,4 milhões), uol (32,35% de 2,4 milhões), bol (28,69% de 2,8 milhões), hotmail (25,46% de 31 milhões) e zipmail (22,63% de 502 mil).